O ‘imbróglio’ do concurso em Búzios

Pois bem… não vai mais haver concurso em Búzios. O juiz daquela comarca, João Carlos Correia, determinou a suspensão do concurso. Além de encerrar as inscrições, o juiz determinou que fosse depositado em conta judicial os valores pagos por quem havia se candidatado. O concurso em Búzios era para 239 vagas para salários entre R$ 366 e R$ 1,9 mil. Cerca de dois mil candidatos já haviam feito as inscrições que tinham previsão de se encerrar na próxima sexta-feira, 5 de dezembro.

Na sua decisão o juiz João Carlos Corrêa afirmou que “a prefeitura teve quatro anos para promover o concurso e só publicou o edital a dois meses de o atual prefeito Toninho Branco passar o cargo”. A suspensão do concurso em Búzios foi pedida em a ação popular proposta pela pessoa de nome Sérgio dos Santos Murad.

Ainda em sua decisão, o juiz vaticinou: “A legalidade, contudo, não pode e nem deve jamais caminhar descasada da ética. A realização do concurso nesta fase terminal de governo lança ao novo governo obrigatoriamente um fardo que não lhe é próprio carregar”. Ele ainda recomenda aos inscritos que acompanhem o desenrolar do caso na Justiça e a decisão final do mérito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s