TRE-RJ indefere registros de Arnaldo Vianna e José Bonifácio

O TRE-RJ indeferiu nesta quinta-feira (5), último dia de julgamento de registros, os pedidos de registro do candidato a deputado federal Arnaldo França Vianna (PDT) e do candidato a primeiro suplente de senador, José Bonifácio Ferreira Novellino (PT), que constavam da lista de impugnados pelo Ministério Público Eleitoral. Vianna possui várias contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), que atingem “valores altíssimos”, de acordo com o relator do processo, juiz Luiz Márcio Pereira. Além disso, Vianna foi punido pelo colegiado do TRE-RJ com três anos de inelegibilidade por abuso do poder econômico por uso indevido dos meios de comunicação, durante a campanha para a Prefeitura de Campos, em 2008.

Secretário de Saúde no município Arraial do Cabo por 50 dias, em 2003, José Bonifácio Ferreira Novellino teve a impugnação acolhida em razão de rejeição de contas no TCE. O relator do processo, juiz Luiz Márcio Pereira, chegou a pedir o indeferimento de toda a chapa, encabeçada por Lindbergh Faria. No entanto, o colegiado entendeu, por maioria, que apenas o registro da candidatura de Novellino deveria ser negado, aprovando-se o registro de Lindibergh e do segundo suplente.

Na mesma sessão, onde foram julgados 199 pedidos de registro, o colegiado negou, por maioria de votos, a candidatura a deputado federal de Celso Alencar Ramos Jacob (PMDB), ex-prefeito do município de Três Rios. Os magistrados rejeitaram a impugnação do MPE, mas acolheram a impugnação feita pelo Partido da República, em razão de sentença condenatória na justiça comum, por improbidade administrativa. O candidato teve o registro negado também por falta de documentação.

Outros candidatos também incluídos na lista de impugnados do Ministério Público Eleitoral tiveram seus pedidos de registro deferidos. São eles Solange Pereira de Almeida (PMDB) e Walney da Rocha Carvalho (PTB), ambos candidatos a deputado federal, e Alzinir Santana de Freitas, que pleiteia uma vaga de deputado estadual pelo PRP. Alzinir e Walney faziam parte da lista de agentes públicos com contas rejeitadas pelo TCE, mas foram retirados da mesma pelo tribunal.

Fonte: Assessoria de imprensa do TRE-RJ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s