Estadual de Futsal da FFSERJ – as definições

Estadual de Futsal da FFSERJ – as definições

Foram definidas na manhã desta segunda-feira (8/8) as diretrizes para a disputa do Campeonato Estadual Adulto de Futsal do Rio de Janeiro, competição promovida pela Federação de Futsal do Estado (FFSERJ). No total, 15 clubes de oito municípios fluminenses participam do torneio, que será dividido em quatro fases. O conselho arbitral que definiu a fórmula de disputa da competição foi realizado na sede da Casa de España, no Humaitá, zona sul do Rio de Janeiro. A ADDP teve Eliana Lopes como representante.

A proposta de fórmula de disputa apresentada pela ADDP (com todos se enfrentando na primeira fase em turno único) não foi aprovada, com a proposta feita pelo departamento técnico da FFSERJ escolhida pela maioria dos representantes de clubes presentes.
O Fluminense está no grupo A; a ADDP ficou no grupo B

Na primeira fase, os 15 clubes foram divididos em três grupos de cinco clubes cada, com Macaé, PEC e USS/Vassouras, respectivamente, campeão, vice-campeão e terceiro colocado no Estadual do ano passado, encabeçando cada um dos grupos. A ADDP não foi feliz no sorteio, ficando no grupo B, considerado o “grupo da morte” da competição, ao lado de PEC, Casa de España/Botafogo (campeão carioca em 2011), Imperial Futsal, de Petrópolis (semifinalista do Carioca de 2011) e CAER, de Três Rios.

Na primeira fase, em cada um dos grupos, as equipes se enfrentam em turno e returno, classificando-se os dois mais bem classificados de cada grupo, mais os dois melhores terceiros colocados. Na segunda fase, os oito classificados serão divididos em dois grupos de quatro, onde se enfrentam também em turno e returno. Os dois melhores de cada grupo passam às semifinais, que serão disputadas em sistema de cruzamento olímpico (vencedor de um grupo enfrentando o segundo colocado do outro). Os dois clubes que passarem pelas semfiinais disputam o título no início de dezembro.

Os grupos do Estadual Adulto de Futsal do Rio de Janeiro são:
A – Macaé, Fluminense, Cabo Frio Futsal, América e América de Três Rios
B – PEC, Casa de España/Botafogo, Imperial Futsal, ADDP e CAER (Três Rios)
C – USS/Vassouras, Vasco da Gama, Grajaú Country, Barra do Piraí e Associação Viva Ativo (Campos)

No sub-20, fórmula é igual a do Carioca
A reunião do Conselho Arbitral definiu, também, a fórmula de disputa do Campeonato Estadual na categoria sub-20. Com a mesma quantidade de clubes do Campeonato Carioca deste ano, vencido pelo Vasco da Gama, a Federação resolveu manter a mesma fórmula de disputa: na primeira fase, turno único com as oito equipes se enfrentando. Os dois melhores classificados passam direto para as semifinais. Na segunda fase, disputada em jogo único, o 3º colocado enfrenta o 6º colocado e o 4º colocado pega o 5º colocado. Quem passar desta fase vai às semifinais. A partir daí, jogos de ida e volta na semifinal e na final.

Além da ADDP, Vasco da Gama, Casa de España/Botafogo, Cabo Frio Futsal e Canto do Rio disputaram o Carioca e continuam para o Estadual. As novidades são as presenças do Fluminense, do Piedade e do Grêmio Samburá, de Cabo Frio. ADDP e Vasco da Gama, que se encontraram na abertura do Campeonato Carioca – e depois, disputaram uma vaga na final do campeonato – jogam na rodada inaugural.

Para a temporada 2011 do futsal, a ADDP conta com o apoio do Laboratório Teuto, do Mister Pizza, da Ollé Sports, do Grupo Marian, da Madeireira Ita Tend-Tudo, de Chico Parafusos, da Marbela Distribuidora de Bebidas, do bar Don Nicola Boteko.com e da Prefeitura de Cabo Frio.

Texto: Dayanne Neves

Estadual de Futsal: ADDP goleia Cabo Frio – 7 a 1

Estadual de Futsal: ADDP goleia Cabo Frio – 7 a 1

Rodriguinho fez quatro gols na vitória da ADDP

A ADDP goleou o Cabo Frio Futsal por 7 a 1 em jogo válido pela 1ª rodada do 2º turno do Campeonato Estadual de Futsal do Rio de Janeiro, promovido pela Federação de Futsal do Rio (FFSERJ). O clássico cabofriense levou um bom público ao ginásio Aracy Machado nesta sexta-feira (13).

As duas equipes entraram em quadra sabendo que o confronto direto pode ser fundamental na briga por uma melhor classificação na tabela. Além disso, um incômodo tabu perseguia a ADDP desde sua primeira participação em competições organizadas pela Federação, em 2006: em confrontos contra o Cabo Frio Futsal (e entre 2007 e 2008, contra o Centro Esportivo de Cabo Frio), a ADDP nunca havia conquistado uma vitória.

Marcando forte e com uma atuação inspirada do goleiro Totonho, a ADDP abriu o marcador aos 3’59, com Rodriguinho. Em mais um contra-ataque, aos 5’10, Rodriguinho novamente chutou forte e fez 2 a 0. O Cabo Frio tentava a reação com boas ações com Roger e Rodolpho, mas o goleiro Totonho esteve firme. Quando não defendia, Totonho contou com as traves: três finalizações do Cabo Frio bateram nos postes só no primeiro tempo.

Ainda no primeiro tempo, sempre nos contra-ataques, a ADDP ampliou aos 14’11, quando Renato e Rodriguinho tabelaram e deixaram Papaulo livre para fazer 3 a 0. A partir daí, o técnico Rodrigo Barreto colocou o goleiro Wagner para atuar como quinto jogador, em busca do primeiro gol.

No segundo tempo, o panorama não se alterou. Com a vantagem, a ADDP optou por jogar cautelosamente, apostando nos contra-ataques e explorando os erros do Cabo Frio. Rodriguinho fez 4 a 0 aos 25’47, depois de jogada de falta. Logo em seguida, aos 26’18, o Cabo Frio fez o seu gol único com o goleiro Wagner, aproveitando a falha de marcação da ADDP. Com o gol, o Cabo Frio aumentou a pressão em busca da reação, forçando a ADDP a se defender – Totonho, mais uma vez, foi muito exigido.

O artilheiro da noite praticamente definiu a partida. Depois de cobrança de escanteio, Rodriguinho fez seu quarto gol aos 32’42, fazendo 5 a 1. Na saída da bola, com Alfredo na função de goleiro-linha, um erro de passe permitiu a Thiago Campos roubar a bola e colocar, por cobertura, fazendo o sexto gol, 14 segundos depois. Se expondo aos contra-ataques, o Cabo Frio foi todo a frente nos minutos finais, e em bela troca de passes, Papaulo fechou a goleada aos 33’54. Final, ADDP 7 x 1 Cabo Frio Futsal.

Artilheiro da partida – e da Liga de Cabo Frio, com 10 gols em quatro jogos – Rodriguinho resumiu o que foi o jogo e a sua atuação de destaque:

– Entramos com o foco nesse jogo. Sabíamos que tínhamos as condições pra vencer. Fizemos nosso melhor jogo em muito tempo, todo mundo ligado e concentrado. Pude ajudar o time fazendo gols e dando passes, isso também me deixa feliz – analisou o pivô de 20 anos.

A ADDP volta a jogar pelo Estadual da FFSERJ na sexta-feira (20/8), quando recebe o Macaé Sports. Também na sexta, o Cabo Frio Futsal tenta a reação diante do Vasco da Gama. A rodada dupla está prevista para iniciar as 19h45, no ginásio Aracy Machado.

FICHA TÉCNICA
ADDP 7 x 1 Cabo Frio Futsal
Estadual da FFSERJ – Adulto – 2º turno – 1ª rodada – 13/08/2010
ADDP:
Totonho, Thiago Campos, Papaulo, Renato e Rodriguinho. Entraram: Marquinhos, Jackson, Marrinha, Júlio e Marcos Paulo. Técnico: Everaldo Rangel.
CABO FRIO FUTSAL: Wagner, Rodolpho, Cabeça, Leandrinho e David. Entraram: Alfredo, Dawisson, Roger, Rafael, Jonathan e Josenilton. Técnico: Rodrigo Barreto.
GOLS: 1º tempo: Rodriguinho (3’59 e 5’12), Papaulo (14’11). 2º tempo: Rodriguinho (25’47), Wagner (26’18), Rodriguinho (32’42), Thiago Campos (32’56) e Papaulo (33’54).
ARBITRAGEM: Sidney Nascimento Falcundes e Vitor Hugo Teixeira Pereira.
CARTÕES AMARELOS: Thiago Campos, Jackson, Marrinha e Papaulo (ADDP), Jonathan, Roger, Cabeça e David (Cabo Frio).